Julgamento sobre próteses da PIP começa na próxima semana na França

Brasília

– O processo dos implantes mamários da marca francesa Poly Implant Prothese (PIP) começa a ser julgado na quarta-feira (17) em Marselha, na França, com 5 mil queixosos. A empresa é acusada de usar um gel industrial nas próteses de silicone em substituição ao gel médico.

O material foi exportado para vários países, entre eles o Brasil, e usado por cerca de 300 mil mulheres. Além de problemas com ruptura e inflamação, foi levantada a hipótese de ligação entre o gel e casos de câncer nas usuárias, mas não chegou a haver confirmação. O mais recente balanço sobre a extensão do escândalo indica que houve mais de 4 mil casos de rupturas e de reações inflamatórias em cerca de 2,7 mil mulheres.

Cinco líderes da PIP, que fechou em 2010, serão julgados por fraude e podem ser condenados a até cinco anos de prisão. Entre eles está o fundador da empresa, Jean-Claude Mars, de 73 anos. A maioria dos 5 mil queixosos no processo é de nacionalidade francesa. O Ministério Público do país estima que cerca de 10% comparecerão à audiência no tribunal, onde estarão cerca de 300 advogados.

 Agência Brasil – Manhuaçu Notícia

 

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *