Prefeitos querem melhorar visitação ao parque do caparaó

Manhuaçu

Prefeitos da região participaram de uma reunião, na manhã da última terça-feira, 19, com o

intuito discuti sobre meios para atrair e facilitar o turismo na região do Parque Nacional do Caparaó.

A recepção aos participantes do encontro ocorreu no Córrego José Pedro, município de Alto

Jequitibá. Prefeitos e assessores participaram de um almoço no Parque Cachoeira das Andorinhas,

oferecido pelo Prefeito José Gomes, de Alto Caparaó.

Cachoeira da Andorinhas

Prestigiaram o momento, além de assessores e secretários municipais, os prefeitos de

Manhuaçu, Nailton Heringer, de Alto Jequitibá, Daniel Sathler, de Mutum, Ronaldo Coutinho, de

Caina, Sebastião Heleno, de Manhumirim, Darci Braga, e de Caparaó, Cristiano Xavier.

 

 

 

 

 

ALTERNATIVAS

Após o almoço, o prefeito de Alto Caparaó coordenou um encontro para tratar de questões de

interesse dos municípios da região. José Gomes compartilhou com os colegas chefes de executivos

municipais sua preocupação com uma melhor exploração do Parque Nacional do Caparaó, que

abriga o Pico da Bandeira, que é o mais alto totalmente situado em território nacional e com melhor

acesso para visitação no Brasil.

Foram discutidos os investimentos necessários para otimizar o turismo no parque e

consequentemente nos municípios da região, gerando emprego e renda para milhares famílias.

Foram discutidos assuntos que envolvem o aeroporto de Manhuaçu e a pavimentação da Estrada

Parque, ligando Manhumirim à Pedra Menina, passando pelos municípios de Alto Jequitibá, Alto

Caparaó, Caparaó e Espera Feliz.

“Nós precisamos ir à Brasília para cobrarmos do Instituto Chico Mendes, que hoje administra

o Parque do Caparaó, uma atitude, pois precisamos melhorar o turismo na região e nosso parque

necessita de atenção” – declarou o Prefeito José Gomes.

Ficou definido que será articulada uma reunião com a presença dos prefeitos da região, para

o mês de março, com a presença de representantes de ANAC Agência Nacional de Aviação Civil –

e do Governo de Minas Gerais, quando será apresentado um manifesto em prol das adequações e

dos investimentos necessários para tornar o aeroporto regional em Santo Amaro de Minas apto para

receber vôos comerciais de até setenta passageiros.

Apesar dos vários anúncios feitos nos anos anteriores de que empresas de aviação iniciariam

a explorar rotas que passariam por Manhuaçu, até hoje a pista e a estrutura do aeroporto não estão

em condições de receber vôos comerciais. Foram apenas alarmes falsos. Segundo determinação da

ANAC ainda resta investir em sinalização e aquisição de veículo contraincêndio, Raio X e detector

de metais. Os investimentos para colocar o aeroporto em condições amplas de funcionamento giram

em torno de R$ 3,4 milhões.

 

ROYALTIES

O Prefeito Daniel Sathler conclamou os colegas prefeitos para endossarem a luta em prol de

uma distribuição mais igualitária dos royalties do petróleo. Ele citou como exemplo dos municípios

de Manhumirim e Mutum que tem um orçamento de cerca de R$ 40 milhões enquanto municípios

no Rio de Janeiro do mesmo porte contam com um orçamento de mais de R$ 250 milhões. “Temos

que nos organizar e mobilizar nossos deputados e senadores para reverter esta situação. Como

gerenciar a saúde a educação e os inúmeros problemas das nossas cidades com tão poucos

recursos. Enquanto nós conseguimos reformar uma praça de vinte em vinte anos, municípios do Rio

de Janeiro reformam de dois em dois anos” – reclamou o Chefe do Executivo.

Senisi Rocha – Manhuaçu Notícia

 

 

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *