Tragédia na Boate Kiss em Santa Maria Rio Grande do Sul

O segundo maior incêndio da história do país, o primeiro aconteceu em Niterói no ano de 1961 no Grã Circo com mais de 500 vítimas.

O incêndio da Boate Kiss em Santa Maria, a segunda maior tragédia, com 245 mortos e 48 vítimas hospitalizadas. O Comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Guido que acompanhou o resgate das vítimas contou como foi: “a Boate comporta em torno de mil pessoas no máximo, mas as informações preliminares é de que teria em torno de duas mil pessoas, por isso que é importante; as pessoas não querem seguir as normas de segurança estabelecidas do Corpo de Bombeiros, quando se diz que o máximo é 500 pessoas temos que respeitar porque isso significa preservar vidas. Segundo as informações que tivemos os seguranças trancaram as portas impedindo a saída das pessoas, isso foi um grande erro que eles cometeram, porque quando o Corpo de Bombeiros entrou no local havia um grande número de corpos empilhados uma verdadeira barreira de pessoas que não conseguiram sair e morreram asfixiadas pela fumaça”. Disse Coronel Guido

Coronel Guido falou também a respeito da fiscalização: “o Corpo de Bombeiros executa esse trabalho de fiscalização em todos esses locais que tem acesso de público e no ano passado venceu o plano de prevenção de combate a incêndio dessa Boate, notificamos eles para que atualizassem, mas eles tinham extintores de incêndio, iluminação e sinalizadores de emergência, mas houve ali vários erros, usaram artefatos pirotécnicos que acabou atingindo as instalações acústica causando o incêndio e matando 90% das pessoas por asfixia. Concluiu o Comandante Guido

Segundo informações de Bruna, a primeira pessoa que conseguiu sair da Boate Kiss, em Santa Maria, ela estava perto do palco quando o fogo começou e conta como foi: “eu estava perto do palco e um dos componentes da banda estava com um artefato pirotécnico nas mãos e de repente eu vi faísca de fogo no teto da boate causado por um sinalizador”. Disse Bruna

De acordo com Bruna, houve um tumulto enorme e quando correram para porta os seguranças barraram as pessoas querendo receber as comandas acreditando que estaria havendo briga, só abrindo a porta quando viram o fogo na espuma de isolamento de som no teto da Boate.

O Major Bastianéllo disse a reportagem da Rede Globo: “o show começou por volta da meia noite, de acordo com informações o incêndio começou as 02h, 30min, momento em que foi acionado o serviço de emergência e a equipe do Corpo de Bombeiros, quanto às causas, evidentemente serão apuradas”. Concluiu Major Bastianéllo

 

Fotos de postagens no Google

 

 

Marta Aguiar

Fonte: Rede Globo

 

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *