Livro de Graça na Praça completa dez anos e vai distribuir exemplares na Praça da Liberdade

Neste domingo (9), o projeto “Livro de Graça na Praça” comemora dez anos e, em parceria com a Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, vai distribuir, gratuitamente, das 9h às 13h, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, 10 mil livros para o público adulto e 3 mil livros para o público infantojuvenil, além de outros 3 mil cordéis.

A cada ano, o projeto escolhe um tema para o ano seguinte. Definido o tema, são convidados autores de todo o Brasil para escrever um conto ou história.

“Entendemos que a leitura e educação são um alicerce para o desenvolvimento do país. Nosso objetivo é incentivar não só o hábito, mas o gosto pela leitura, além de promover a aproximação entre o leitor e o autor”, conta o idealizador do projeto e escritor, José Mauro da Costa.

Neste ano, o livro adulto tem como tema a cidade de Belo Horizonte e conta com textos dos escritores Affonso Romano de Sant’Anna, Antônio de Faria Lopes, Arthur Vianna, Beatriz de Almeida Magalhães, Cícero Christófaro, Cida Chaves, Dagmar Braga, Elza Moura, Emerson Monteiro, Everaldo Chrispim, Fábio Lucas, Fernando Brant, Fernando Fabbrini, Frei Betto, Hélton Gonçalves de Souza, José Flávio Vieira, José Bento Teixeira de Salles, José Mauro da Costa, Jussara Queiroz, Olavo Romano e Petrônio Souza Gonçalves. Todos os autores escreveram suas histórias exclusivamente para o livro.

O livro para o público infantojuvenil teve tema livre e dele participaram os escritores Alexandre Guimarães, Angela Lago, Beto Vianna, Cristina Agostinho, Elisa Fonseca e Silva, Irlanda Silva Gino, João Camilo Campos de Oliveira Torres, Jorge Fernando dos Santos, Leida Lusmar, Ronaldo Simões Coelho, Rosana Mont’Alverne e Yeda Galvão.

Todos os autores dos dois livros estarão na Praça da Liberdade autografando os exemplares durante todo o evento. Haverá também contação de histórias. Segundo Costa, é esperado um público em torno de 15 mil pessoas.

Leitura mais acessível

Nestes dez anos, o projeto já distribuiu 180 mil livros e cordéis gratuitamente a mais de 100 mil pessoas que compareceram aos encontros. Assim, o idealizador da iniciativa acredita num público de cerca de 500 mil leitores.

Até hoje, obras de várias regiões do país, textos de 128 autores de contos, crônicas e poesias e material de 27 cordelistas já foram publicados pelo projeto. Esse mesmo projeto também realiza concursos, abrindo, assim, a possibilidade de novos autores participarem do programa. Já foram realizados quatro concursos nacionais de contos com o apoio do Senac/MG.

 

Agência Minas

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *