PCMG prende três suspeitos de sequestro e tortura na Zona da Mata

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) identificou e prendeu suspeitos de envolvimento em sequestro e tortura, cometidos em novembro do último ano, no distrito de Granada, área rural de Abre Campo, na Zona da Mata. No total, três pessoas foram presas. O motivo seria o desaparecimento de droga que pertencia a um dos investigados.
No dia 27 de novembro de 2020, cinco pessoas teriam entrado na residência da vítima, de 28 anos, que foi sequestrada e levada à força, em um veículo, para uma propriedade rural, onde foi submetida à tortura física e psicológica, tendo inclusive um dos dedos da mão mutilado com um alicate. Ainda, a vítima teria sofrido violência sexual com um objeto de madeira.
Na ocasião, a vítima foi questionada sobre o sumiço de um quilo de cocaína pertencente a um indivíduo, de 26 anos, que teria arquitetado o crime. Ele e outros dois envolvidos foram detidos por meio de cumprimento de mandado de prisão temporária. Um dos suspeitos encontra-se foragido e outro é adolescente, tendo o procedimento formalizado e, posteriormente, encaminhado ao Judiciário.

PCMG

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.