Especialistas ensinam truques para não errar na torta

 

torta

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

por Cintia Oliveira

Seja aberta, fechada, recheada com frutas, ou com frango desfiado, a torta é um sinônimo de comfort food. E preparar a receita não é nenhum bicho de sete cabeças, como você pode conferir na reportagem Unidos pela torta, publicada na Menu de setembro (edição 210). Mas sempre tem um truquezinho aqui e outro ali para deixar a receita ainda melhor. Confira algumas dicas de especialistas para não errar no preparo:

 

torta1a massa

Boa parte das tortas tem como base a crocante massa sablée, à base de farinha de trigo, manteiga, açúcar e ovos. Um truque para prepará-la é utilizar a manteiga bem gelada e manipular a massa o mínimo possível. “A ideia é que a gordura envolva a farinha para não desenvolver o glúten, o que faria a massa ficar menos crocante”, explica a coordenadora da pós-graduação em confeitaria e panificação da Universidade Anhembi Morumbi, Heloisa Rodrigues.

o forno

Para que a base da torta não estufe, há quem a leve ao forno com uma camada de feijões, para fazer peso sobre a massa. Segundo Heloisa, não é preciso fazer isso. “Depois de forrar a assadeira com a massa, leve-a uns minutos à geladeira e, depois, direto ao forno. Com isso, o amido cria uma estrutura para a torta antes de derreter a gordura. Isso deixa a base da torta mais reta e crocante.”

 

torta2o recheio

Em primeiro lugar, massa fria e recheio quente não combinam. “Isso pode estragar a receita da torta”, alerta Fernando Martins, da Torteria, de São Paulo. Existem infinitas possibilidades de recheios, como os queijos, por exemplo. Mas deve-se escolher as opções mais cremosas. “Para utilizar queijos como o coalho, por exemplo, vale misturá-lo com um requeijão cremoso, ou incorporá-lo num molho bechamel”, sugere Guilherme Almeida, sócio da Helpie, de São Paulo

Ao utilizar legumes e verduras, vale refogá-los antes de colocar na torta, já que ingredientes do gênero costumam soltar muita água – o que pode trazer umidade em excesso para a massa. E no caso de recheios à base de carne, a regra é a mesma: “cozinhe antes e deixe reduzir bem”, explica Martins.

Já as frutas, vale utilizá-las cozidas. “No caso das tortas à base de banana ou de outras frutas, eu prefiro fazer um doce com a fruta. Já em receitas como a tarte tatin eu costumo assar a fruta, que pode ser maçã, pêra ou manga, antes de cobri-las com a massa”, recomenda Heloisa Bacellar, chef do Lá da Venda, de São Paulo. ,TORTA

 

 

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.