Aumento salarial do servidor público de Manhuaçu

Em reunião com os secretários municipais no gabinete, nesta tarde, 20,

o Prefeito Nailton Heringer anunciou oficialmente a concessão do reajuste

salarial de 6,5% aos servidores públicos municipais.

A Lei nº 3.462 sancionada pelo Executivo, após aprovação na Câmara

de vereadores. O aumento foi baseado pelo INPC/IBGE, Índice Nacional de

Preços ao Consumidor que mede a inflação acumulada no período de janeiro a

dezembro de 2014.

Além do reajuste de 6,5%, o Projeto de Lei também define o novo piso

salarial para os servidores no valor de R$790,00, o piso do Professor I fixado

em R$1.439,78 e Professor II no valor de R$1.642,88.

Segundo informou o secretário municipal de Administração, João Batista

Hott, o aumento salarial concedido aos servidores cumpre com a determinação

da Lei de Responsabilidade Fiscal do governo federal que obriga os municípios

a limitar gastos em até 54% da receita com a folha de pagamento.

O Prefeito Nailton Heringer esclareceu que o índice salarial concedido

aos servidores públicos municipais tem como objetivo principal melhorar o

poder aquisitivo dos funcionários e ao mesmo tempo, valorizar e incentivar o

trabalho dos servidores a fim de prestar um atendimento de qualidade a

população.

 

“O Prefeito acrescentou que a realidade dos demais municípios é

desanimadora, pois, o país está passando por uma crise econômica que traz

consequências negativas afetando todos os serviços que a população

necessita. O Prefeito disse ainda que este aumento salarial representa um

esforço da atual gestão em melhorar as condições financeiras do servidor

público.

 

De acordo com o Prefeito este reajuste de 6,5% é o que a administração

pode conceder, e é considerado um bom índice em relação aos demais

municípios. Muitos estão já sofrendo os efeitos do quadro de recessão que

arrebata o país no momento atual, fazendo demissões e reduzindo gastos.

O secretário de Administração disse também que o município de

Manhuaçu está mantendo o equilíbrio entre receita e custos. Para isso, o

Governo municipal vem cortando gastos desnecessários a fim de manter as

contas em dia e racionalizar as contas do município.

 

“Com este aumento o impacto financeiro de Manhuaçu é o equivalente a

51% das RCL – Receitas Correntes Líquidas em 2015. É um desafio, mas,

estamos cumprindo uma promessa de melhorar as condições do nosso pessoal

e ao mesmo tempo não ultrapassar o limite da receita municipal” – explica o

Prefeito.

Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *