Escola Estadual de Manhuaçu recebe projeto “OAB vai à Escola”

Manhuaçu

–  Durante a manhã desta terça-feira (20), quase 300 alunos do ensino médio da Escola Estadual de Manhuaçu (Ex. Polivalente) participaram de mais uma etapa do projeto “OAB vai à Escola”. A palestra foi proferida pelo presidente da comissão de defesa dos direitos da criança, do adolescente e do idoso, Wagner Alves Caldeira. A palestra contou também com a presença do presidente da OAB Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos; do juiz de direito da 2ª Vara Criminal, de Execuções Penais e de Cartas Precatórias Cíveis e Criminais da comarca de Manhuaçu, Maurício Navarro Bandeira de Mello; do presidente da comissão de direito eleitoral, Igor Lacerda de Oliveira e das advogadas Tyara Soares de Oliveira e Bruna Gail Mendes; da vice-diretora, Marluce de Castro Xavier Borges e da professora Elaine Aparecida Pereira.

Para o presidente da comissão de defesa dos direitos da criança, do adolescente e do idoso, Wagner Alves Caldeira, “A missão da OAB Manhuaçu com a palestra de hoje é mostrar para o jovem que além de direitos ele tem deveres, que devem ser colocados em prática todos os dias. Enquanto defensor dos direitos da criança e do adolescente, temos visto que eles pensam que só têm direitos e isso é muito grave. Essa atitude fez com que o Brasil inteiro fomentasse discussão sobre a redução da maioridade penal para 16 anos, por exemplo. Se isso acontecer, o próprio adolescente será o responsável. O nosso foco foi passar para os alunos que para terem direitos exercidos, precisa primeiramente cumprir com seus deveres”, destacou.

O juiz de direito da 2ª Vara Criminal da comarca de Manhuaçu, Maurício Navarro Bandeira de Mello, frisou que “Os jovens precisam ter noção do quão importante é a vida estudantil. Antigamente, muitos foram impedidos de poder frequentar uma sala de aula, pois aos 10, 12 anos trocavam os livros por uma enxada para ajudar os pais na roça. Hoje, essa realidade mudou e deve ser valorizada. Além disso, a partir dos 16 anos, o adolescente tem a opção de poder exercer a cidadania através do voto. É muito importante que esses jovens participem da vida pública do Município, Estado e País. Saibam o que o vereador da sua cidade está fazendo. O papel do prefeito, deputados, senadores e presidente da república. Precisamos de mais jovens com senso crítico e político”, pontuou.

De acordo com a advogada Tyara Soares de Oliveira, “Com essas palestras sendo ministradas por advogados, mostramos que a OAB Manhuaçu está ativa em todas as comarcas de atuação. Precisamos estreitar os laços com a sociedade e esta é uma maneira de alcançar aqueles que estão em formação, que são os nossos alunos e futuros cidadãos”, frisou.

A advogada Bruna Gail Mendes considera que “O projeto OAB vai à Escola é brilhante e tem papel fundamental, pois ajuda na formação do caráter e da personalidade de adolescentes e jovens. É a forma que nós, advogados, encontramos para contribuir um pouco mais com a sociedade em que estamos inseridos”, citou.

Segundo o presidente da OAB Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos, o objetivo do projeto “OAB vai à Escola” é levar aos jovens, noções de direito, cidadania e democracia. “Este projeto visa estreitar os laços entre a Ordem, os advogados e os jovens estudantes, estimulando neles a consciência cidadã. Nós, advogados, temos uma história de luta em defesa da sociedade. Participamos da construção da democracia no Brasil. Por isso, é fundamental que os estudantes tenham plena consciência do seu papel na sociedade, conhecendo os seus deveres e seus direitos, para que se tornem cidadãos dignos e honrados, preocupados com uma sociedade mais justa, fraterna e igualitária”.

Alex Barbosa destacou ainda que “a escola é o ponto de partida na formação desses novos cidadãos e só através do diálogo e do conhecimento é possível construir uma sociedade cada vez mais cidadã. Respeito e educação devem ser as palavras de ordem dentro das escolas. Mais do que debater os direitos, precisamos orientar os alunos sobre os seus deveres e das consequências de seus atos”, ressaltou.

VISÃO DA ESCOLA

A diretora da Escola Estadual de Manhuaçu, Marinalva das Graças de Souza Alexandre, parabenizou a iniciativa da OAB Manhuaçu e ressaltou a importância da aproximação dos advogados com a escola e os alunos. “A vinda dos advogados e do juiz na escola é um momento ímpar para nós, diretores, professores e alunos, de aprendizagem. Os adolescentes tiveram noções de cidadania, direitos e deveres. E essa é a missão da nossa escola, fazer com que nossos alunos sejam comprometidos com a verdade e tenham senso crítico e respeito. Temas como vandalismo, bullying e violência fazem parte do cotidiano deles e foi muito relevante discuti-los”, comentou.

OPINIÃO DOS ALUNOS

O aluno Gabriel Dias parabenizou a iniciativa da OAB Manhuaçu. “Depois dessa palestra, conseguimos ter uma visão melhor dos direitos e deveres de nós, jovens e adolescentes. Aqui na nossa escola, temos muitos colegas que depredam o educandário, inclusive comentei com professores e diretores. Isso tem agravado a situação crítica da escola. Lamentavelmente, muitos colocam culpa nos diretores, mas não pensam no que de fato está acontecendo aqui dentro. Com o conhecimento trazido pelo projeto OAB vai à Escola, hoje sabemos quais as punições para quem pratica este tipo de crime. Todos os alunos que participaram desta palestra abriram os olhos para muitas questões, inclusive sobre a redução da maioridade penal. Sou contra. O Estado precisa investir em educação e não colocar atrás das grades jovens de 16 anos”, ponderou.

Para o aluno Hugo Virgínio, “a melhor lição que ficou desta palestra é o esclarecimento de que temos direitos e deveres. Não adianta cobrarmos nossos direitos se não estamos cumprindo com os nossos deveres. Primeiro precisamos ser corretos para com o próximo, o patrimônio público e a escola para depois podermos cobrar o que é nosso”, concluiu.

Assessoria de Comunicação / OAB Manhuaçu – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.