OAB vai à escola realiza palestra em São Pedro do Avaí

São Pedro do Avaí

– Advogados levaram orientação de cidadania e democracia aos alunos da Escola Estadual Ana Mendes Pereira Dutra. Na manhã desta quarta-feira (30), mais de 150 alunos do ensino médio da Escola Estadual Ana Mendes Pereira Dutra, localizada no distrito de São Pedro do Avaí, em Manhuaçu, participaram da segunda palestra ministrada no projeto “OAB vai à Escola”. A palestra foi proferida pelo presidente da comissão do Jovem Advogado, Matheus Sathler Xavier da Gama. O presidente da 54ª Subseção da OAB/MG, Alex Barbosa de Matos, esteve presente ao evento, acompanhado do conselheiro seccional da OAB/MG, Fauze Gazel Júnior e dos advogados Anízio Gomes de Souza, Diogo Abineder Ferreira Nolasco Pereira, Hayiume de Souza Paula e Tyara Soares de Oliveira.

O encontro contou com o apoio da diretora da escola, Maria Lucia Soares Dutra Pereira e de sua equipe de professores e vice-diretora. Para o presidente da OAB Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos, o objetivo principal do projeto “OAB vai à Escola” é estimular nos alunos o exercício saudável da cidadania. “Exercer a cidadania é ter consciência de seus direitos e obrigações e lutar para que sejam colocados em prática. A Ordem tem o compromisso de preparar o jovem cidadão para o exercício da cidadania”, citou.

Outra questão levantada durante a palestra foi a violência e o tráfico de drogas nas escolas. Segundo Alex Barbosa, “dados do SindUTE revelam que algumas escolas de Minas Gerais que deveriam ser referência em educação, tornaram-se um marco de violência e preocupação. E o temor se deve muito à insegurança e até mesmo pânico, diante da ameaça em que se transformaram alunos, principalmente os envolvidos com uso e tráfico de drogas, que cometem delitos na vizinhança para sustentar o vício. A violência motivada pelo tráfico têm sido determinante para o fechamento de várias escolas em nosso país”, comentou.

Alex Barbosa de Matos destacou também que dados do Conselho Nacional de Justiça, apontam que 75% dos jovens internados em cumprimento de medidas socioeducativas no Brasil são usuários de entorpecentes. De acordo com a pesquisa divulgada pelo CNJ em 2011, a idade média dos adolescentes entrevistados é de 16,7 anos. Quanto à escolaridade, 57% dos jovens declararam que não frequentavam a escola antes da internação. Entre os entrevistados, apenas 8% afirmaram ser analfabetos. No que diz respeito às relações familiares, o estudo aponta que 14% dos jovens entrevistados têm filhos. Entre os aspectos comuns à maioria dos entrevistados, de acordo com a pesquisa, estão a criação em famílias desestruturadas, a defasagem escolar e a relação estreita com entorpecentes.

Para o presidente da comissão do Jovem Advogado, Matheus Sathler da Gama, o projeto “OAB vai à Escola”, capitaneado pelo presidente Alex Barbosa leva cidadania para os estudantes do ensino médio da rede pública estadual. “Acredito que as palestras ajudam a despertar o interesse pelo conhecimento dos direitos e deveres fundamentais para o convívio em sociedade”, acrescentou.

O advogado Anizio Gonçalves de Souza também participou da palestra. Ele falou sobre o papel do advogado na sociedade e da reflexão que os alunos devem fazer ao escolherem suas carreiras profissionais. Fauze Gazel Júnior lembrou que a interlocução com os jovens é importante para estreitar os laços de afeto e respeito que devem existir nas relações entre alunos, professores e familiares. As advogadas Tyara de Oliveira e Hayiume de Souza Paula parabenizaram a iniciativa da OAB Manhuaçu e se colocaram à disposição para as demais etapas do projeto.

EDUCANDÁRIO SATISFEITO

Para a diretora da Escola Estadual Ana Mendes Pereira Dutra, Maria Lucia Soares Dutra Pereira, o saldo da palestra é positivo. “Estamos muito satisfeitos com a visita dos advogados na nossa escola. Os alunos foram orientados quanto aos deveres que têm e devem cumprir para que tenhas seus direitos respeitados. Muitos assuntos discutidos aqui hoje são trabalhados por nós ao longo do ano. É fundamental orientá-los quanto aos malefícios do bullying, como escolher bem uma profissão e cuidar do patrimônio público”, pontuou a diretora.

Quem também ficou satisfeita com o encontro foi a professora Maria da Consolação. Através de contato feito por ela numa rede social da OAB Manhuaçu, os advogados se mobilizaram e vieram até o educandário levar noções de cidadania e democracia aos alunos. “O encontro superou as minhas expectativas, principalmente porque tocou em assuntos que os adolescentes têm pouco contato ou desconhecem. Quando os alunos passam a saber de seus direitos e deveres, o comportamento deles muda. Tenho certeza de que se eles soubessem disso antes, muitos conflitos internos da escola poderiam até mesmo serem evitados”, argumentou a professora.

ALUNOS ATENTOS

Os alunos acompanharam atentamente à palestra ministrada pelos advogados. Para Osmar José Martins, “a palestra foi muito importante, pois retratou a nossa realidade dentro da escola e no dia-a-dia com a família. Estamos vivendo num ambiente com tráfico de drogas dentro dos educandários brasileiros e isso está errado. Fiquei assustado também com os índices de violência apontados pelo presidente da OAB Manhuaçu com relação à ao Estado de Minas Gerais. Para reverter isso, precisamos respeitar o próximo e continuar estudando”, comentou.

A aluna Kelly Domiciano reiterou o comentário do colega. Para ela, que disse querer seguir a carreira dentro da advocacia, “a palestra foi muito proveitosa. Os advogados explicaram o papel deles na sociedade e fiquei muito satisfeita. Quero seguir os passos deles. Fomos orientados quanto aos problemas que o bullying pode trazer para quem o pratica e o recebe e isso é prejudicial para todos”, finalizou.

Assessoria de Comunicação / OAB Manhuaçu – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *