Idoso morre em hospital e número de vítimas de acidente no AM chega a 15

– Morreu, na manhã deste sábado (29), a 15ª vítima do acidente entre um micro-ônibus e uma caçamba ocorrido na noite da sexta-feira (28) na Avenida Djalma Batista, Zona Centro-Sul de Manaus. O marceneiro Domingos Messias de Souza, de 60 anos, estava internado no Hospital João Lúcio, na Zona Leste, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, Domingos de Souza foi diagnosticado com traumatismo cranioencefálico gravíssimo e morreu na manhã deste sábado (29). Com a morte do marceneiro, sobe para 15 o número de pessoas mortas no acidente. Entre as vítimas estão os motoristas dos dois veículos, uma mulher grávida e o bebê, e uma mãe com o filho de um ano e seis meses.

Das pessoas atendidas em hospitais da rede estadual, oito receberam alta, um permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital 28 de Agosto em estado grave, três estão com quadro estável no Hospital João Lúcio, um está em observação no Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) do São Raimundo e um paciente seguiu para um hospital da rede particular, a pedido da família.

Acidente

Um micro-ônibus e um caminhão bateram de frente por volta das 19h40 desta sexta-feira (28), na Avenida Djalma Batista, na Zona Centro-Sul de Manaus. Segundo informações do IML, até as 02h00 de sábado (29), foram confirmadas a morte de 14 pessoas, entre elas os motoristas dos dois veículos, uma criança e uma grávida. O caminhão prestava serviços para a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). A prefeitura decretou luto oficial de três dias na capital.

De acordo com informações da polícia e de testemunhas, o caminhão trafegava no sentido bairro-centro quando perdeu o controle, atravessou o meio-fio e invadiu a contramão, batendo de frente com o coletivo, que fazia a linha 825 (Redenção-Bairro da Paz). Testemunhas disseram ainda que o micro-ônibus estava lotado e muitos passageiros estavam em pé no interior do veículo.

G1 – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *