Governo e oposição da Síria se reúnem em Genebra

Síria

– O primeiro encontro entre as delegações do governo sírio e da oposição aconteceu hoje (25) em Genebra, na Suíça. O representante da Coalização Nacional para as Forças Revolucionárias de Oposição e Revolucionária Síria, Anas Al Abdah, informou que a rodada de negociação, que durou cerca de meia hora, ocorreu de forma calma, com ambos os lados esboçando os objetivos para os próximos encontros e agenda em comum.

Segundo Al Abdah, as delegações não se comunicaram diretamente, mas por meio do enviado especial das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe para a Síria, Lakhdar Brahimi. O chefe da principal delegação da oposição síria, Monzer Akbik informou que as delegações não se cumprimentaram. Caso quisessem fazer perguntas, elas deveriam ser escritas e submetidas a Brahimi.

“Vamos trabalhar no sábado e no domingo (26). A enorme ambição deste processo é de salvar a Síria”, disse Anas Al Abdah.

De acordo com ele, a sessão de hoje foi para garantir que ambas as partes compreendam o que está sendo feito e para decidir sobre questão práticas, para facilitar os contatos futuros.

O líder da Coalização Nacional Síria, Ahmad Al Jarba e o ministro de Negócios Estrangeiros da Síria, Walid Muallem estão em Genebra, mas não participaram da reunião desta manhã. A oposição foi liderada pelo membro do comitê político da coalização, Hadi Al Bahra e o governo, pelo representante permanente da Síria na ONU, Bashar Jaafari.

As negociações entre o governo e a oposição sírios começaram na manhã de hoje no Palácio das Nações Unidas, em Genebra. Uma segunda reunião está marcada para esta tarde. As delegações planejam discutir um cessar-fogo e o abastecimento de mantimentos.

A delegação da oposição pretende começar a discutir questões políticas com o governo nos próximos dois dias, especialmente sobre a criação de um órgão de transição de governo. O objetivo do encontro entre as partes é encontrar uma solução política para o conflito que já dura três anos. A possibilidade aventada é a assinatura e um acordo entre governo e oposição para a implementação do Com Muniqué de Genebra, adotado em 2012 e respaldado pelo Conselho de Segurança da ONU. No documento é prevista a transição do poder no país.

Nesta semana, começou em Genebra 2 a conferência que marca a primeira vez em que governo e oposição sírios se encontram para contato direto desde que os conflitos começaram em março de 2011. A conferência, presidida pelo enviado Lakhdar Brahimi e pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. Mais de 30 país foram convidados a participar.

Agência Brasil – Manhuaçu Notícia

 

 

 

 

 

 

 

 

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *