Nailton Heringer concede entrevista a Rádio

Manhuaçu

por Secretaria de Comunicação de Manhuaçu

– Na manhã desta quinta-feira, 9, o Prefeito Nailton Heringer concedeu entrevista ao radialista Moreira Lopes, da Rádio Manhuaçu. Entre as principais abordagens feitas esteve a realização de eventos, o IF – Instituto Federal, a rodoviária, o presídio e a ETE – Estação de Tratamento de Esgoto.

Perguntado sobre o porquê a Administração não investiu na realização do carnaval e ao réveillon, o prefeito esclareceu que nos últimos anos estes eventos não foram promovidos, portanto isso não foi apenas em seu Governo, e a falta de recursos e de tradição para estas festas não tem possibilitado a suas realizações.

Sobre a rodoviária, o Chefe do Executivo afirmou que sua pretensão é construir uma nova estrutura contemplando as margens do novo contorno rodoviária, que está sendo projetado para a BR 262. Mas que, em 2013, melhorias foram feitas nos banheiros e na iluminação. Heringer anunciou que uma equipe está estudando a possibilidade do cercamento da área de embarque e desembarque, oferecendo mais segurança e tranquilidade aos passageiros.

Foi possível também esclarecer como está a dificuldade para se efetivar a obra do presídio, pois o Governo do Estado está colocando obstáculos no terreno doado há cerca de seis anos, mas que o esforço da Administração municipal tem sido grande para não perder o investimento.

A troca de secretários também foi citada. Nailton Heringer afirmou que as mudanças estão acontecendo de forma natural e sem traumas. A intenção é fazer ajustes para a busca de avanços que gerem mais benefícios para a população.

No tocante ao IF, o prefeito se diz triste com as especulações maliciosas sobre o assunto. Para ele, esse será um marco histórico na educação de Manhuaçu e região. O benefício maior será para a população de baixa renda, que não tem como pagar uma faculdade. “A licitação para a reforma da área cedida pelo DNIT foi concluída, onde serão instaladas a reitoria e também os primeiros cursos. Em breve teremos também as obras do IF no terreno doado pela Prefeitura, de 100 mil m², que custaram apenas R$ 180 mil” – declarou.

Ao se referir a obra da Estação de Tratamento de Esgoto, Heringer explicou que a parte mais fácil foi executada, que é a estação, e a parte mais complexa, a rede captação e intercepção, está travada porque o projeto foi feito com falhas, mas durante todo o ano passado ele esteve empenhado com a diretoria da Caixa e do SAAE Manhuaçu para sanar os problemas e que então o processo seja concluído.

Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *