IMA inicia campanha de vacinação contra a febre aftosa

Manhuaçu

por Secretaria de Comunicação Social de Manhuaçu

Segundo o secretário de Agricultura de Manhuaçu, Eduardo Heringer, o empenho será grande para que a parceria com o IMA seja um sucesso.

Objetivando erradicar a febre aftosa em todo o Estado de Minas Gerais, o IMA – Instituto Mineiro de Agropecuária – iniciou, na última sexta-feira, 1o,, a 2a etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Desta vez, o IMA não estará enviando correspondência pelo correio ao domicílio do criador.

De acordo com diretor geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, a partir de agora a emissão será feita pelo produtor diretamente no site do IMA www.ima.mg.gov.br. Basta o produtor acessar o site, imprimir a Carta Aviso, preencher os dados corretamente e apresentar no escritório do IMA. O processo é rápido e prático.

A Carta Aviso também poderá ser emitida nas revendas de vacinas ou em outras instituições de classe que se dispuserem a atender o produtor. Com isso, o pecuarista estará economizando tempo, resolvendo os problemas existentes e, ainda, saberá se o cartão de vacina do rebanho está em dia.

Minas Gerais era o único estado da federação que realizava o procedimento de enviar a Carta Aviso pelos Correios aos pecuaristas. Mas agora, seguindo a premissa de modernização e eficiência, preconizada pelo governo do Estado, o IMA passa a adotar o sistema online, visando simplificar o processo, tendo em vista o grande número de municípios, rebanhos e propriedades que o Estado possui.

EXIGÊNCIA PARA ADQUIRIR A VACINA

Algumas exigências serão feitas para comprar a vacina contra a Aftosa. O produtor deverá apresentar o cartão de identificação do IMA ou documento de identidade constando o CPF. A declaração da vacinação continuará sendo feita da mesma forma, apresentando a nota fiscal da compra da vacina juntamente com a Carta Aviso, preenchida com os números de animas vacinados.

O IMA é o órgão responsável por coordenar a vacinação contra a febre aftosa em Minas. A região de Manhuaçu é coordenada pelo escritório seccional que atende vários municípios circunvizinhos. Essa segunda etapa é realizada sempre no mês de novembro, com a vacinação de animais com até 24 meses de idade.

Para o diretor geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, a medida visa otimizar o trabalho dos envolvidos no processo de vacinação e acredita que a mudança não acarretará nenhum problema para o produtor rural.

Altino Rodrigues espera que cada produtor possa participar da campanha de vacinação, pois o grande papel do produtor rural no processo é manter Minas Gerais como referência em controle sanitário do rebanho.

PARCEIRA DO IMA COM O MUNICÍPIO

Além da mudança da Carta Aviso, o IMA contará agora com a parceria da Secretaria Municipal de Agricultura de Manhuaçu. Os produtores podem procurar a equipe da Secretaria para solicitar a Carta Aviso, que será impressa imediatamente para que se possa prestar conta da vacinação do rebanho.

A parceria entre o IMA e a Secretaria de Agricultura de Manhuaçu fortalecerá as ações e até mesmo mais rapidez para garantir o atendimento rápido ao produtor. O prazo para vacinar o rebanho, nessa segunda etapa, vai até o dia trinta de novembro.

Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *