OAB Manhuaçu entrega carteira para advogados e estagiários

MANHUAÇU

– Em sessão solene no Anfiteatro da Câmara Municipal, na noite desta sexta-feira (3), a Diretoria da 54ª Subseção da OAB/MG entregou carteiras de 20 novos advogados e quatro estagiários que passaram a fazer parte dos quadros da OAB de Manhuaçu. A entrega foi feita pelo presidente da entidade, Alex Barbosa de Matos.

Além do presidente da OAB de Manhuaçu, fizeram parte da mesa de honra o conselheiro seccional da OAB/MG, Fauze Gazel Júnior; o presidente da Câmara de Manhuaçu, advogado Maurício Júnior; o procurador do município de Manhuaçu, advogado Antonio de Carvalho; vice-presidente da OAB Jovem, Magnum Fernandez; conselheiros da OAB Manhuaçu, José de Oliveira Gomes e Paulo de Almeida Amaral; presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia, Luiz Franklin; representante da OAB Mulher, Helena Collares Rodrigues.

Em seu discurso, o presidente da OAB de Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos, parabenizou a todos pelo sucesso obtido desde a aprovação no curso de Direito, até o Exame da Ordem. Ele destacou ainda que a entidade é de suma importância, “não porque é proteção para a classe, mas sim para a cidadania. É preciso ter qualificação para defender os mais importantes direitos das pessoas”, comentou.

Alex lembrou que inexiste no mundo, entidade como a OAB. “O Brasil é o único país que declara que o advogado é indispensável para a administração da Justiça. E esta previsão constitucional se deve ao fato da participação de inúmeros advogados em todos os momentos importantes da história desse país”.

MISSÃO E REGRAS

Para o presidente da 54ª Subseção da OAB/MG, o advogado possui dupla missão: a missão institucional e a corporativa: Na primeira, nós, advogados, devemos defender o Estado Democrático de Direito e as bandeiras históricas outorgadas pela Constituição Federal. Já a missão corporativa da OAB é a seleção, a disciplina e a defesa dos advogados.

Quanto às regras necessárias para o exercício profícuo da advocacia, Alex destaca três. “Compromisso com a ética; defesa intransigente das prerrogativas; dedicação e estudo. São essas as regras básicas de um bom advogado. Parafraseando o papa Paulo VI: ‘A advocacia é um sacerdócio que necessita de cultura, coragem e senso crítico. Em uma conferência com advogados, o papa Paulo VI afirmou que nós advogados conhecemos a vida em todos os seus aspectos. Mas não devemos nos subordinar às confidências, pois não somos consciência de aluguel”.

ESTAGIÁRIOS

Sem se esquecer daqueles que ainda permanecem na Faculdade e um dia se tornarão bacharéis em Direito, Alex sugeriu que os estagiários permanecessem ao lado de advogados experientes, “na condição de braço direito e apoiador, além de discentes atentos da luta pela realização concreta da ordem jurídica, observando sempre, as suas atribuições previstas no Estatuto da Advocacia e da OAB. Advirto-lhes de que vocês possuem normas de conduta e restrições de atuação, assim como acontece com os advogados”.

 Portal Carangola – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *