Mortes em desabamento de prédio em Bangladesh passam de 200

Bangladesh

– Autoridades de Bangladesh confirmaram que o número de mortos no desabamento de um prédio comercial de oito andares, na periferia da capital do país, Dacca, ultrapassa 200. As equipes de socorro ainda fazem as buscas por sobreviventes. O edifício abrigava fábricas de tecidos, um banco, um mercado e várias lojas.

Os parentes e amigos das vítimas acompanham os trabalhos de resgate à espera de notícias. As autoridades da cidade abriram um processo contra os donos do edifício e das fábricas. Há informações de que os proprietários do prédio foram advertidos sobre os riscos de desabamento, mas não tomaram providências.

As autoridades de Bangladesh decretaram luto oficial. As bandeiras estão a meio mastro. Os índices de segurança no trabalho no país são alarmantes, segundo relatos.

No Brasil, o Ministério das Relações Exteriores, Itamaraty, divulgou nota oficial lamentando o acidente. “O Brasil transmite suas condolências e solidariedade aos familiares das vítimas, ao povo e ao governo da República Popular de Bangladesh”, diz o texto.

Em novembro, um incêndio em uma fábrica que produzia roupa para a cadeia Walmart e outras marcas ocidentais, em Dacca, deixou 111 mortos. Segundo sobreviventes, as saídas de emergência foram fechadas pelos gestores da empresa.

Agência Brasil – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *