Desmatamento mata Amazônica o pulmão do mundo

Meio Ambiente

– Há alguns anos o governo vinha conseguindo reduzir o desmatamento na Amazônia. Agora em 2013, poucos meses depois de o Brasil comemorar o menor índice de desmate já registrado, ele voltou a crescer. Você sabe porquê?

A pecuária e a produção extensiva de grãos vêm dizimando o pouco que nos sobrou de floresta nativa. Além disso, os governantes fizeram uma parceria com a bancada do agronegócio no Congresso, que só quer a destruição florestal e o crescimento econômico a todo custo. Os resultados dessa aliança ruralista é a destruição do que resta de verde no país.

Os setores da soja e da carne já começaram a aderir a uma política de desmatamento zero, que não admite mais o argumento de que é preciso desmatar para continuar crescendo. Precisamos transformar essa visão também junto aos políticos brasileiros.

Por esse motivo, agora é o momento de a sociedade civil se juntar para reverter esse quadro de destruição florestal e exigir do poder público uma política não só para impedir a retomada do desmatamento, mas também para extingui-lo de nossa História.

Você pode ajudar a mudar de vez o cenário brasileiro. Exerça sua cidadania. Junte-se a nós para proteger nossas florestas.

 

Marcio Astrini

Coordenador da Campanha da Amazônia

Greenpeace – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *