ESF de Sacramento com menos de dois anos está sem condições de uso

Em meio às inúmeras dificuldades encontradas pela população de Manhuaçu quando se refere à saúde, muitos problemas poderiam ser evitados pela Administração Municipal para que a população tivesse uma melhor qualidade no atendimento.

Um bom exemplo para este tipo de problema é o posto de saúde inaugurado no primeiro semestre de 2011, no Distrito de São Sebastião do Sacramento. Por ter sido construído em local indevido, próximo a um curso d’água, rapidamente a umidade comprometeu toda a estrutura. O mofo danificou paredes e o mobiliário, inviabilizando o atendimento da população no local.

Com o passar dos dias, infiltrações, goteiras e o mau cheiroforam tomando conta de todo o ambiente, sem contar que os mobiliários e equipamentos também foram danificados por não estarem em local arejado.

DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA

O atendimento odontológico foi o mais prejudicado por toda esta situação. Em entrevista, Marizy Vasconcelos, atual enfermeira do PSF Sacramento, pôde nos confidenciar que desde o mês de maio de 2012 o setor de odontologia está fechado e sem equipamentos fundamentais para o atendimento. “O serviço de odontologia, desde que eu cheguei, em maio, não está funcionando, porque a cadeira de atendimento começa a funcionar e queima, isso se repete toda vez que ela volta do conserto” – ressaltou.

NOVO LOCAL DE ATENDIMENTO

Desde o dia 26 de dezembro de 2012, o prédio foi fechado e o atendimento tem sido feito em uma casa alugada próximo à praça do distrito. Nem assim as dificuldades se encerraram. A estrutura do novo ambiente não é ideal para funcionamento de um posto médico. Escadas e degraus além de dificultarem o atendimento de crianças e idosos, também atrasam o trabalho dos funcionários.

Segundo a enfermeira Marizy Vasconcelos, a Administração anterior não deu qualquer informação sobre reformas do prédio do PSF, simplesmente fechou o ambiente e fez o contrato de locação do novo espaço.

SENISI ROCHA – Secretaria Municipal de Comunicação de Manhuaçu

 

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *