Comenda Liberdade e Cidadania é entregue a 136 personalidades na Fazenda do Pombal

A medalha representa os ideais do Herói Tiradentes e da Inconfidência

Medalha instituída por decreto conjunto entre São João del Rei, Tiradentes e Ritápolis comemora o nascimento de Joaquim José da Silva Xavier

Foi realizada na tarde deste neste sábado (10), na Fazenda do Pombal, em Ritápolis, região do Alto do Paranaíba, a cerimônia de entrega da Comenda da Liberdade e Cidadania.

Instituída por meio de um decreto conjunto (de 06/09/2011) assinado pelos prefeitos de Ritápolis, São João del Rei e Tiradentes, a comenda foi entregue pela segunda vez a 136 personalidades do mundo político, cultural, ambiental e econômico, em comemoração ao nascimento em 12 de novembro de 1746 de Joaquim José da Silva Xavier, o “Tiradentes”.

A música “Coração do Herói, que representa o hino da Comenda da Liberdade e Cidadania, foi composta e executada na cerimônia pelo músico Marcos Vianna, que também executou o Hino Nacional na ocasião.

O vice-governador Alberto Pinto Coelho não pode comparecer à cerimônia em virtude da chuva constante que caiu na região. Alberto Pinto Coelho enviou uma mensagem que foi lida pelo chefe do Gabinete Militar do governador Antonio Anastasia, coronel Luiz Carlos Dias Martins, também agraciado com a medalha.

Na mensagem enviada, o vice-governador ressaltou que o Governo de Minas Gerais sente-se honrado em associar-se aos municípios de Ritápolis, São João del Rei e Tiradentes na entrega da Comenda Liberdade e Cidadania. De acordo com Alberto Pinto Coelho, a comenda simboliza o título de cidadãos livres e reafirma o sonho precursor dos heróis da Inconfidência Mineira.

De acordo com o chanceler da Comenda, Eugênio Ferraz, a medalha representa os ideais do Herói Tiradentes e da Inconfidência, juntando a visão de futuro das três municipalidades na Fazenda do Pombal, local onde passam a cultuar o nascimento de Joaquim José da Silva Xavier.

“A condecoração indica o reconhecimento a personalidades que contribuíram para que os ideais de liberdade do Alferes, permeando os conceitos atuais de cidadania, responsabilidade social, preservação ambiental, entre outros tantos. O objetivo maior de nossa sugestão para a Comenda conjunta foi propiciar maior divulgação e visibilidade à histórica Região do Rio das Mortes quando das celebrações do nascimento de Tiradentes, permitindo à sociedade atentar e refletir acerca das simbologias agregadas às comemorações”, destacou Eugênio Ferraz.

Decreto

De acordo com o artigo 1º do decreto conjunto, a comenda destina-se a condecorar cidadãos mineiros, brasileiros e estrangeiros que se destacaram em prol do incentivo, apoio e divulgação das atividades relacionadas à Liberdade, à Cidadania, à Responsabilidade Social, à Cultura, à Preservação Ecológica e Ambiental, à História e ao Civismo; ou seja, que contribuíram com o desenvolvimento sócio-econômico, turístico e cultural da “Região do Rio das Mortes em Minas Gerais, engrandecendo e dignificando os Municípios ora signatários, o Estado de Minas e o país”.

 

Agência Minas

Postado por Marta Aguiar

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *