Fase final da Olimpíada de Matemática acontece neste sábado em todo o país

A segunda e última fase da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) acontecerá em todo o Brasil neste sábado (15), quando mais de 800 mil alunos da rede pública de ensino do país deverão se dirigir, às 14h30, aos locais de provas espalhados por todo o país. Em Minas Gerais, mais de 97 mil alunos do Ensino Médio e do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental estão classificados para essa etapa, que será realizada em 1.204 localidades. Deste total, 62 são detentos e estudam nas escolas dentro do Sistema Prisional de Minas Gerais.

Os participantes dessa fase receberam cartões com informações através da escola, mas os locais de prova também podem ser conferidos no site da Obmep.

A secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, lembra que esta é uma oportunidade para os estudantes testarem seus conhecimentos e desenvolverem talentos. “Eles ganham experiência para se aventurar em outras modalidades de competições de conhecimento, dentro ou fora do estado ou mesmo no âmbito internacional. Os bons resultados podem extrapolar as medalhas e render bolsas de iniciação científica aos que tiverem um bom desempenho”, observa.

Segundo Ana Lúcia, Minas se superou nas últimas cinco edições da Obmep, como o estado que teve o maior número de inscritos no Brasil e de estudantes premiados. “É o momento de dar continuidade a este bom trabalho”, afirma a secretária.

Sucesso mineiro

Por causa do feito, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais foi uma das cinco secretarias do Brasil a ser premiada este ano pelo Ministério da Educação (MEC), órgão responsável pela organização da competição. Na 7ª edição do Obmep, Minas ganhou 816 medalhas e mais de 8.110 menções honrosas.

Minas Gerais tem a secretaria que ganhou o maior número de medalhas de ouro e também é a primeira no ranking total de medalhas, como ocorreu nas últimas cinco edições da Olimpíada.

A aluna do 8º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Pedro II, Evelyn Cristine dos Santos Álvares, foi uma das 816 estudantes da rede pública de ensino de Minas que levou uma medalha para casa. “Eu achei muito legal ser premiada. Fiz a prova, mas não esperava”, contou, na ocasião, a estudante que conquistou medalha de prata.

Alunos do sistema prisional chegam à final

Nesta etapa da Obmep, 62 detentos do Sistema Prisional de Minas Gerais foram classificados e vão participar das provas neste sábado (15). Eles estudam em escolas instaladas nas unidades prisionais de Minas Gerais e cursam do 6º ao 9º do Ensino Fundamental e as três séries do Ensino Médio.

Os alunos concorrem com outros de todas as escolas públicas do país, situadas dentro ou fora de presídios e penitenciárias e disputam, além de medalhas, a oportunidade de participar do Programa de Iniciação Científica Júnior e ter uma bolsa de Iniciação Científica Jr. do CNPq.

Daniel dos Santos Filho, 35 anos, é aluno da 6ª série e foi um dos classificados para a última etapa da Olimpíada. Ele estuda na escola da Penitenciária Deputado Expedito de Farias Tavares em Patrocínio, na Região do Alto Paranaíba. Daniel conta ter voltado aos estudos em setembro de 2011, após 15 anos sem estudar. “Achei a prova um pouco difícil, pois fiquei muito tempo parado. Sempre gostei de cálculos e as aulas aqui na unidade me ajudaram bastante. Para mim já foi uma vitória ter chegado à etapa final e continuo estudando”, relata.

A Penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires, situada em Juiz de Fora, teve o maior número de classificados: foram 11 alunos os eleitos para concorrer à etapa final da Obmep. A diretora de ensino e profissionalização, Sandra Regina Lopo Madureira, destaca a valorização do ser humano que este evento promove. “Eles concorrem como os alunos de uma escola comum. A participação e os resultados geram um círculo positivo de transformações que envolvem não apenas professores e alunos, mas as famílias, os servidores, a população e o Estado”, avalia.

Olimpíada de Matemática das Escolas Públicas

A Obmep é uma competição do conhecimento que chega praticamente a todos os municípios brasileiros. A Olimpíada é dirigida aos alunos de 6º ao 9º ano do ensino fundamental e aos alunos do ensino médio das escolas públicas municipais, estaduais e federais, que concorrem a prêmios de acordo com a sua classificação nas provas.

Além das medalhas, os alunos premiados com o ouro, prata e bronze participam do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC), que tem duração de um ano. Os medalhistas que acompanham todas as etapas do PIC recebem a Bolsa de Iniciação Cientifica Jr., concedida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

A competição tem entre seus objetivos estimular o estudo da Matemática entre os alunos das escolas públicas, além de contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica. A Obmep é promovida pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia e é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Os resultados serão divulgados no dia 30 de novembro no endereço www.obmep.org.br.

 

Agência Minas

Postado por Marta Aguiar

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *