O jornal pode opinar

-Um jornal pode opinar sobre os acontecimentos, deve abrir as suas páginas às polemicas, em espaços apropriados.

A polifonia é enriquecedora e o debate público

é vital em democracia. Por vezes, é mesmo admissível que um

jornal aconselhe o voto num determinado candidato ou num determinado

partido político.

 

 

 

Embora esta opção seja raríssima em

Portugal, noutros países democráticos é bastante comum e pode ser democraticamente enriquecedora.

Também é admissível que um jornal procure mobilizar os seus leitores em redor dos desígnios nacionais e das causas a que a Nação adere, como sucedeu

no caso de Timor.

Mas sem ignorar que informar, com intenção de isenção e verdade, é a finalidade primeira do jornalismo numa sociedade democrática.

 

Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.