Câmara realiza audiência pública sobre Educação

Manhuaçu

– Uma nova audiência pública foi realizada pela Câmara M. de Manhuaçu na noite desta Quinta-feira, 14. Conduzida

pela Comissão Legislativa de Educação, Cultura e Esporte – composta pelos Vereadores Rogério Filgueiras Gomes

(Presidente), Jânio Garcia Mendes (Relator) e Aponísia dos Reis (Membro) – a Audiência teve início às 19h, após

trabalhos do plenário, em sessão ordinária.

 

Logo na abertura, o Presidente da Comissão, Vereador Rogério Filgueiras Gomes (Rogerinho) convidou o colega

Vereador Anízio Gonçalves de Souza para conduzir a audiência, considerando que o mesmo – além de professor – havia

solicitado, anteriormente, a realização desta audiência para se debater a Educação no município.

O público presente abordou várias questões, questionando principalmente sobre a polêmica nucleação – proposta no

início do ano pela Secretaria M. de Educação -, a necessidade urgente da reforma de prédios escolares e das creches e a

falta de transporte escolar, entre outras reivindicações.

 

O Presidente da Câmara, Maurício de Oliveira Júnior, cobrou providências para a creche de Bom Jesus de Realeza,

que está com paredes mofadas, e a reforma das demais creches e escolas do município.

A presidente do Conselho M. de Educação, Zandra de Fátima, apresentou o repúdio de alunos quanto à proposta de

nucleação – envolvendo o fechamento de escolas do município – e pela falta de transporte escolar para os alunos do ensino

médio que têm acesso ao 6o horário. Além disto, ela relatou que uma audiência com um tema tão importante precisaria ter

maior público. Zandra também solicitou informações da Presidência da Câmara sobre o ofício relacionado ao pedido feito

pela comissão da Assembleia Legislativa. No documento, a ALMG solicita informações sobre as discussões relativas à

nucleação feitas junto à comunidade. Maurício Júnior respondeu que foi feita audiência pública na Câmara Municipal

sobre o assunto e relatou que, acompanhado dos Vereadores Linhares e Fernando Lacerda, argumentou com a Sec. M. de

Educação que a nucleação somente poderia ser feita com o consentimento da população.

 

A Professora Dorca Pires de Carvalho Vidal ficou indignada com a ausência da Secretária M. de Educação e da

Superintendente Regional de Ensino à audiência. Ambas participaram somente da abertura, e, em seguida, retiraram-se.

Radialista Ronaldo Martinho também reclamou a falta de autoridades para discutir um assunto tão importante. Ele

ainda mencionou a falta de condições de trabalho para os professores e sobre crianças com deficiência física sendo

atendidas no chão no CAIC.

 

O Cidadão Jorge Salazar ressaltou que a importância de as pessoas serem ouvidas, e, solicitou uma nova audiência

sobre o tema da Educação. O Presidente do CMDDCA (Conselho M. de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente), Dr. Wagner Caldeira,

e o Biólogo Leandro Belga também reiteraram a necessidade da presença de autoridades junto à audiência. Leandro

também reclamou da falta de monitores, professores e de porteiro (parte da tarde), no CAIC; a necessidade de oficina de

música para os alunos daquela escola, por causa de Portaria da Sec. de Educação. Ele ainda denunciou que os alunos são

obrigados a assistir vídeos, por causa da falta de professores. Leandro encerrou sua fala solicitando uma nova visita da

Comissão de Educação ao CAIC e reivindicou que o Prefeito dê mais atenção para a escola.

 

O Vereador Paulo César Altino elogiou o trabalho realizado pelo Pres. do CMDDCA, Dr. Wagner Caldeira, e

ressaltou que o professor precisa ser mais valorizado na sociedade. Paulo Altino criticou a atitude da Sec. de Educação,

Gelvânia Marques, em não permanecer na audiência.

 

A Vereadora Aponísia dos Reis, membro da Comissão de Educação, agradeceu a presença dos presentes, mas

considerou a necessidade de realização de nova audiência.

O Vereador Jânio Garcia Mendes queixou-se da falta da Secretária de Educação para discutir os assuntos diretamente

pertinentes à sua pasta.

 

O Presidente da Comissão de Educação, Rogério Filgueiras Gomes (Rogerinho) pontuou que todo mundo passa pelas

mãos de um professor, e, com isso, é necessário que esta categoria profissional seja devidamente valorizada e reconhecida

por sua importância na comunidade.

O Vice-presidente da Câmara, Vereador Cb. Anízio, disse que a situação atual de Educação é de causar indignação.

Ele pontuou que a Educação é o principal instrumento da sociedade para se combater mazelas sociais como as drogas e

outros fatores que ocasionam a destruição das famílias.

 

Um dos pais de aluno presentes, Geraldo Moreira Bastos, morador da Com. de Monte Alverne criticou o modo

como foi feito a nucleação, o transporte irregular dos alunos, e, mencionou que já se reuniu com a Secretária Gelvânia

Marques. Ele frisou que ainda são muitas as pendências na comunidade, principalmente porque os alunos ainda estão

sendo deixados soltos na estrada, ou seja, o transporte escolar não perfaz o que é preciso. Constantemente, estão

ocorrendo perdas de aulas para os estudantes que residem mais distantes da escola em Palmeiras, em razão dos horários

do transporte escolar.

 

Maurício Júnior sugeriu que Comissão de Educação encaminhe Requerimento à Sec. de Educação solicitando

informações sobre quais escolas foram nucleadas e pedindo providências sobre o transporte aos alunos que cursam o 6o

horário, no Ensino Médio.

(Ass. de Comunicação – Câmara M. de Manhuaçu) – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.