Projeto de Eduardo Cunha que garante internação em UTI será votado ainda este ano

BRASÍLIA Líder do PMDB na Câmara dos Deputados pedirá urgência para votação da proposta logo após o fim do recesso parlamentar. Na foto, Eduardo Cunha, apesar do recesso parlamentar, em ação na CPMI da Petrobras

– Logo após o fim do recesso     parlamentar, o deputado federal Eduardo Cunha (RJ), líder do PMDB na Câmara dos Deputados, vai requerer urgência para votação do projeto de lei 7563/2010, que determina à União a manutenção de uma central de atendimento para encaminhar pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) a unidades de terapia intensiva (UTI’s). Eduardo Cunha alerta que a luta de familiares por uma vaga em UTI para seus familiares é hoje um dos problemas mais graves do atendimento hospitalar. “Um doente que precisa ir para a UTI não pode esperar que se tenha vaga, ou não pode esperar a boa vontade do atendimento do poder público. Então, pelo meu projeto, quando houver a necessidade de UTI para um paciente e não existir vaga na rede pública disponível para esse paciente, o poder público se obriga a pagar uma UTI em uma rede privada para o atendimento desse cidadão que não consegue o acesso a UTI. Porque depois, quando houver a vaga, o doente já estará morto. Não adianta nada a gente esperar e o poder público não conseguir fazer o investimento necessário para abrir novas vagas de UTI”, ressaltou.

Ass.Político do Dep. João Magalhães – Eron Elias – Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *