OAB Manhuaçu homenageia Advogadas pelo Dia Internacional da Mulher

Manhuaçu

Por  Assessoria de Comunicação / OAB Manhuaçu

Jornalista – Silvio Ferreira Júnior

– Na tarde desta terça-feira (11), a diretoria da 54ª Subseção da OAB/MG homenageou as advogadas, estagiárias, servidoras da subseção e serventuárias do fórum local pela passagem do dia 8 de Março – Dia Internacional da Mulher. Durante o evento, foram sorteados vários brindes e servido um coquetel. Estiveram presentes à homenagem, o presidente da OAB Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos; o vice-presidente, Fernando Cezar Miranda; a secretária-geral adjunta, Regiane Rezende Lima; a presidente da comissão da Mulher Advogada, Terezinha Fani Sobreira da Silva; os conselheiros subseccionais, Paulo de Almeida Amaral e José de Oliveira Gomes; o conselheiro seccional da OAB/MG, Fauze Gazel Júnior; o presidente da comissão de defesa dos direitos da criança, adolescente e idoso, Wagner Alves Caldeira; a secretária da comissão de meio ambiente, patrimônio histórico e cultural, Maria Margarete Portes de Azevedo; a conselheira da comissão do Jovem Advogado, Janaine Amaral de Paula; o secretário da comissão de direito do trabalho, Paulo Charles Netto Lamim, além de advogadas, advogados, estagiários, servidoras da OAB Manhuaçu e serventuárias do Fórum Desembargador Alonso Starling.

De acordo com a presidente da comissão da Mulher Advogada, Terezinha Fani Sobreira da Silva, “É um momento especial para nós. A mulher representa luta, coragem e determinação. Sem nós, não há prosperidade. Somos pioneiras em todos os setores. Há cada vez mais mulheres empreendedoras, por exemplo. Além disso, a sociedade tem aceitado cada vez mais o espaço conquistado por nós. Exemplo disso é a quantidade de mulheres advogadas que confraternizaram conosco nesta data. A mulher estuda, se forma e mostra o seu valor com o seu próprio esforço”, citou.

Para a advogada Ângela Maria de Lima, “a homenagem de hoje é apenas uma simbologia do respeito que a OAB Manhuaçu tem com as mulheres advogadas e com as mulheres em geral, até porque cada vez mais nós estamos ganhando espaço no mercado de trabalho, na advocacia e em meio à vida tão atribulada que nós temos, ainda temos que cuidar de nossa carreira; por isso é imprescindível esse apoio da Subseção de Manhuaçu”, destacou.

A secretária geral adjunta da subseção, Regiane Rezende Lima, registrou que as advogadas e mulheres presentes ao evento se sentiram lisonjeadas com a homenagem. “A linda homenagem feita pela OAB Manhuaçu na tarde de hoje demonstra o quanto a entidade se importa com as suas advogadas, com o sofrimento e toda a luta travada pelas mulheres para ter seus direitos garantidos”, pontuou.

A presidente da comissão de assuntos penitenciários, Fernanda Cristina Elias, também agradeceu o apoio da OAB Manhuaçu. “Fiquei muito feliz com essa linda homenagem, pois a mulher vem conquistando mais espaço no mercado de trabalho, então é muito gratificante que nossa própria instituição reconheça isso”, registrou.

O presidente da 54ª Subseção da OAB/MG, Alex Barbosa de Matos, enfatizou a importância da atuação das mulheres advogadas na construção da cidadania e na defesa dos princípios fundamentais do Estado Democrático de Direito. “A singela homenagem que prestamos às mulheres na tarde de hoje, sem dúvida, é pequena diante de tudo aquilo que elas representam para a humanidade. Hoje enalteço a contribuição da mulher advogada para a mobilização da sociedade civil e afirmo que esta profissional se posiciona como uma incansável, competente e aguerrida representante da condição feminina. Aliás, quero dizer que acredito na força das mulheres que não abdicam do seu papel feminino, de mães, de esposas, de avós, e conseguem, ao mesmo tempo, com um suave toque de delicadeza, enfrentar a realidade do trabalho em múltiplos ambientes profissionais”, ressaltou.

Alex Barbosa de Matos lembrou também que a mulher ainda sofre no Brasil com a violência doméstica e que há dados da Anistia Internacional apontando que uma em cada três mulheres do planeta é espancada, abusada, estuprada, mutilada ou morta por conta da violência doméstica.

Manhuaçu Notícia

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *