20 anos sem Daniella Perez

Daniella Perez, filha da escritora Gloria Perez, assassinada no dia 28 de dezembro de 1992, por Guilherme de Pádua e sua mulher Paula Thomaz.

Daniella na época contracenava com Guilherme, os dois faziam par romântico em Corpo e Alma: “ Bira e Yasmin”. Ao terminar as gravações onde o casal colocava fim ao relacionamento, segundo informações das camareiras na época, Guilherme procurou Daniella no camarim várias vezes entregando a atriz um bilhete que a deixou muito nervosa.

Cena que foi excluída da novela mostrada pelo (Globo Repórter).

De acordo com a versão provada no tribunal da motivação do crime que foi a apresentada pelo promotor Maurício Assayag e pelo advogado de acusação Arthur Lavigne, Guilherme assediava Daniella, e ao ver que estaria fora das gravações de 02 capítulos, achou que ela havia contado para a mãe que por sua vez teria diminuído sua participação na trama. Acreditando nisso, ele junto da esposa que sentia muito ciúmes de Daniella tiraram a vida de uma jovem atriz de 22 anos, querida e admirada pelos telespectadores que estava trilhando um caminho brilhante que deixou saudades.

Esse caso que foi destaque na mídia do país e do mundo por sua brutalidade deixou dois pontos de interrogação.

Onde foi parar o bilhete que Guilherme entregou a Daniella?

O que havia escrito no bilhete que deixou Daniella nervosa?

Fonte: Wikipédia

Marta Aguiar

 

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *