Secretaria de Saúde e Cruzeiro são parceiros na luta contra o câncer de mama

Durante o jogo foi exibida uma faixa alusiva à campanha

O Cruzeiro não foi o único vencedor do jogo dessa quarta-feira (10) em Varginha contra a Portuguesa. Isso porque as mulheres mineiras de 45 a 69 anos também ganharam informação sobre a necessidade da mamografia e do diagnóstico precoce contra o câncer de mama.

A partida foi marcada por mais uma ação alusiva ao “Outubro Rosa”. Durante o jogo foi exibida no campo do Estádio Municipal Prefeito Dilzon Melo – “Melão”- uma faixa alusiva à campanha, tanto no início, quanto no intervalo, objetivando despertar a atenção do público presente e, especialmente, das mulheres de 45 a 69 anos para que realizem o exame de mamografia a cada dois anos. O Raposão, mascote do Cruzeiro, entregou camisetas da campanha para mulheres que estavam na arquibancada.

Magdaluci da Costa Lentz, 53 anos, servidora pública, considerou a ação uma iniciativa inovadora. “Acredito que o objetivo foi atingido com essa ação em parceria com o time, pois chama a atenção da população para uma causa muito importante. Faço a mamografia regularmente, parte de um trabalho preventivo que faço há muitos anos”, afirmou.

Ações

Além da ação executada ontem em Varginha pelo time do Cruzeiro, o BOA Esporte Clube, que está instalado em Varginha, realizará intervenção similar durante a partida que vai disputar contra o time do Ceará, no dia 26 de outubro. Adicionalmente a isso, onze mulheres entrarão em campo com os jogadores, vestindo a camisa da Campanha Outubro Rosa.

O reservatório de água instalado no centro de Varginha, que tem o formato de uma nave espacial, também entrou na campanha sendo iluminado com a cor rosa, em alusão à causa. A iniciativa foi da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG), tendo parceria com a Copasa, que administra o reservatório. Ele permanecerá iluminado com a cor até dia 12 de outubro.

Outubro Rosa

A Campanha Dia Rosa faz parte do movimento internacional Outubro Rosa, que busca conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama e do acesso ao tratamento em todo o mundo. A iniciativa surgiu na Califórnia (EUA), em 1997, e ganhou o mundo ao iluminar com holofotes cor de rosa monumentos como a Torre de Pisa, na Itália, e o Arco do Triunfo, na França.

Em Minas Gerais a ação é coordenada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), que promove intervenções em diversos municípios do Estado. Dados da SES-MG mostram que, no primeiro quadrimestre de 2012, foi registrado um aumento de 22% no número de mamografias realizadas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), se comparado ao mesmo período ano anterior. Na faixa prioritária estabelecida pelo Ministério da Saúde (50 a 69 anos) foram realizadas 91.048 mamografias, 23% a mais que registrado no ano passado, quando foram feitos 73.982 exames.

 

Agência Minas

Postado por Marta Aguiar

Marta Aguiar

Eu, Marta Rodrigues de Aguiar nasci em: 27/08/1958, sou funcionária pública, fui a primeira presidente do Conselho de Turismo, sou escritora e acadêmica da (ACLA), Academia de Ciências Letras e Artes de Manhuaçu-MG, Possuo cursos de Organização de Eventos, Secretariado Executivo, Informática, Designer Gráfico, (CorelDraw e PhotoShop), Cursando mais uma vez Designer Gráfico na Prepara com mais duas especializações. (CorewDraw, PhotoShop, PageMaker e InDesigner). Sou Repórter e Fotógrafo, trabalhei com Devair Guimarães no Jornal das Montanhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *