terça-feira, 16 de outubro de 2018
Manhuaçu Notícia – Notícias e informação de Manhuaçu e Região

Projeto “OAB vai à Escola” leva orientações sobre cidadania e democracia

Marta Aguiar 17 de abril de 2014 Região
Manhuaçu
– Presidente da OAB Manhuaçu ministra palestra que reuniu mais de 200 alunos da Escola  Estadual Maria de Lucca Pinto Coelho.
Na manhã desta terça-feira (15), mais de 200 alunos do ensino médio da Escola Estadual Maria  de Lucca Pinto Coelho participaram da primeira palestra ministrada no projeto “OAB vai à  Escola”. A palestra foi proferida pelo presidente da 54ª Subseção da OAB Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos e contou com a participação dos advogados Mateus de Oliveira Rosa, Diogo Abineder Nolasco e Fábio Alves Bráulio.
Durante encontro no dia 8 de abril, ficou definido que a escola seria a primeira da rede pública  de ensino estadual de Manhuaçu a receber o projeto. Com 85 anos de existência, a Escola Estadual Maria de Lucca Pinto Coelho é uma das mais antigas da cidade. Aproximadamente 1,8 mil alunos adolescentes estudam no educandário, que está entre os cinco maiores do Estado de Minas Gerais. De acordo com o presidente da OAB Manhuaçu, Alex Barbosa de Matos, o objetivo foi levar aos adolescentes noções de direito, cidadania e democracia. “O projeto visa aproximar o advogado da sociedade, da escola e da família. Estamos preocupados com o futuro de nossos jovens e crianças. Neste sentido, queremos somar com o educandário no sentido de reduzir os conflitos de caráter interpessoal, familiar e social. É preciso que enfrentemos graves questões relacionadas ao nefasto uso de bebidas e drogas por crianças e adolescentes, às indesejadas formas de bullying e a crescente e lastimável violência urbana, como sérios exemplos dos conflitos sociais existentes em nossa sociedade”, comentou o presidente.
Para o advogado Diogo Abineder Nolasco, “a iniciativa da OAB Manhuaçu é extremamente importante, pois estamos trazendo debate para aqueles que serão os nossos protagonistas no futuro. Sendo um dos atores jurídicos com maior condição de contribuir para a promoção da justiça, nós, advogados, somos os grandes defensores dos direitos dos cidadãos. É extremamente salutar a aproximação da classe com os alunos e a sociedade em geral. Precisamos das mudanças e quem terá condições de promovê-las serão os nossos adolescentes num futuro próximo”, argumentou Diogo.
DIRETORES ELOGIARAM O PROJETO
O diretor da Escola Estadual Maria de Lucca Pinto Coelho, Marcelo de Carvalho Mendes, elogiou a iniciativa da OAB Manhuaçu e ressaltou a importância da aproximação dos advogados com a escola e os alunos do ensino médio. “Os adolescentes são o foco de todo o nosso trabalho. Eles precisam de informação e muitas vezes este conteúdo chega de forma distorcida. Os meios de comunicação são tendenciosos. Nem sempre as informações sobre bullying e suas consequências, por exemplo, têm credibilidade. Além disso, o palestrante tratou de temas como o papel do advogado na sociedade e os direitos e deveres de cada um. Isso é importante para a formação da personalidade dos jovens”, citou.
Fator importante da palestra foi a interação com os alunos. A cada novo tema, novas dúvidas iam surgindo na cabeça dos adolescentes. Para Marcelo de Carvalho, “isso reflete que os alunos têm liberdade e senso crítico. Sempre valorizamos a opinião deles e os ouvimos. É fundamental dar asas para a imaginação desses adolescentes para saber até onde podem chegar. Acompanhamos muitas perguntas pertinentes e que transmitem o dia-a-dia familiar deles”, explicou.
A vice-diretora Ivone Ribeiro Muniz agradeceu a presença dos advogados e valorizou a participação dos alunos. “Os adolescentes estão formando as suas personalidades. Eles precisam saber quais são seus direitos e deveres, seus papéis na sociedade e o que é ser um cidadão de verdade. Com certeza, o conhecimento adquirido hoje será levado com eles para sempre, inclusive será utilizado dentro do nicho familiar”, considerou Ivone.
PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS
Atentos às explicações, os alunos participaram de forma interativa e tiraram suas dúvidas com os advogados. Para a aluna Denise Moura, “a palestra foi muito boa. Fez com que os alunos percebessem tudo aquilo que acontece dentro da própria escola, como, por exemplo, o aumento no consumo e tráfico de drogas e bullying. O conhecimento trazido pelos advogados nos fez abrir os olhos para as diferenças sociais nas escolas da rede pública. Precisamos refletir sobre o que acontece dentro da nossa sociedade”. Disse
A aluna Luana Lizardo também aprovou a troca de experiências. “Como tenho interesse em seguir carreira jurídica, achei muito importante a presença do presidente da OAB Manhuaçu e os demais advogados. Eles trouxeram informações relevantes para o nosso dia-a-dia. Temas atuais que nós conversamos entre nós e que eles nos disseram com mais propriedade. Exemplo disso é a redução da maioridade penal, que está sendo discutida em todo o Brasil. Temos leis muito conturbadas no nosso país, por isso precisamos de esclarecimentos para podermos tomar nossas decisões”, ponderou Luana.
Outra que agradeceu a palestra foi a aluna Isadora Lopes. “O encontro foi muito esclarecedor. Tratou de assuntos que em geral a gente acha chato, mas todos prestaram muita atenção. Prova disso foi a interação dos alunos com os advogados através de perguntas. Achei interessante a informação de que no Brasil não há pena de morte. Outro ponto essencial para nós foi abordar nossos direitos e deveres”, concluiu Isadora.
SATISFAÇÃO
Para o presidente da 54ª Subseção da OAB/MG, Alex Barbosa de Matos, “a presença massiva e participação dos alunos demonstra a necessidade de ampliarmos o diálogo com os jovens. Fiquei muito feliz com a acolhida que tivemos na Escola Estadual Maria de Lucca Pinto Coelho. Agradeço imensamente os diretores, professores e especialistas da escola pela parceria estabelecida com a OAB Manhuaçu e garanto que o educandário receberá novas palestras direcionadas aos alunos que não participaram na data de hoje. Sem dúvida, o objetivo do projeto OAB vai à Escola foi alcançado. Em breve, outra escola receberá também as atividades deste
projeto cidadão”, garantiu.
Assessoria de Comunicação / OAB Manhuaçu – Manhuaçu Notícia

Gostou? Então compartilhe!

Deixe um comentário